PRIMEIROS DENTINHOS

Essa é sempre uma fase difícil, que deixa a criança irritada pelo desconforto da erupção dos dentes.

Nesse momento, os pais se preocupam e muitas vezes, não sabem o que fazer para acalmar o bebê. Até mesmo o sono do pequeno pode ficar mais agitado.

Os primeiros surgem por volta dos 6 meses.

Os sinais são: coceira na gengiva pela pressão dos dentes, gengiva mais abulada e esbranquiçada e aumento da salivação por conta do amadurecimento das glândulas salivares e pela incapacidade de engolir. Febre, vômito e diarreia podem ocorrer nessa fase.

Para aliviar a coceira gengival, ofereça mordedores para massagear a região. O alívio será maior se deixar o mordedor na geladeira alguns minutos antes. Essa também é a fase de introdução de novos alimentos.

Aos poucos, ofereça os mais consistentes, que também ajudarão a massagear a gengiva, além de estimular e ensinar a mastigação.

Outra dica é massagear toda gengiva com o dedo indicador, sempre com a mão bem limpa. Mas, se a irritação for muito forte o médico poderá receitar analgésicos e antitérmicos.

Faça a higiene desde os primeiros meses com uma gaze ou fralda embebida em água filtrada, pelo menos 3 vezes ao dia. Com a chegada dos dentinhos, comece a usar uma escova pequena e macia.

São cuidados simples, mas que farão diferença no futuro sorriso do seu filho.

FONTE: Guia de Saúde Oral Materno-Infantil www.gcdfund.org www.sbp.com.br